Construindo o amigo: para uma semiótica da cooperação intercultural