A territorialização dos grandes eventos: uma síntese interpretativa