Empresas, inovação e território na alta tecnologia: o caso da Itália